Novidades

Saúde Criança participa da 3ª edição do Programa Grow2Impact

A fim de aplicar a sua metodologia em um maior número de famílias em risco social, a equipe do Saúde Criança lança o projeto Família Saudável, Planeta Sustentável 

A fundadora e presidente do Conselho de Administração da Associação Saúde Criança, Vera Cordeiro, a diretora executiva da ASC, Cristiana Velloso, e a gerente de Processos e Tecnologia, Adriane Menna Barreto, apresentaram no dia 15 de fevereiro a metodologia Saúde Criança e o projeto Família Saudável, Planeta Sustentável no evento de encerramento da 3ª edição do Programa Grow2Impact da Ashoka.

“O nosso sonho começou no Rio de Janeiro. Estamos nos expandindo pelo Brasil afora e inspiramos empreendedores sociais que levaram a metodologia Saúde Criança para outros países. Nosso real compromisso é compartilhar esse sonho com o mundo” disse Vera Cordeiro.

Na ocasião outras seis organizações sociais também mostraram que podem transformar suas ideias em produtos e serviços sustentáveis financeiramente e de grande impacto social. No período de 2016/2017, além do Saúde Criança, as organizações participantes foram: Serta, Acreditar, Kambôas, Instituto Nossa Ilhéus, Instituto Movere e Noisinho da Silva.

O Programa GROW2IMPACT, criado em 2014 pela Ashoka,  surge como forma de ampliar o impacto de organizações sociais, aproximando a expertise do setor de negócios para impulsionar inovações sociais. A Ashoka é uma organização mundial que dá apoio a Empreendedores Sociais – pessoas com ideias criativas e inovadoras capazes de provocar transformações com amplo impacto social. Vera Cordeiro é fellow da Ashoka.

 

FAMÍLIA SAUDÁVEL, PLANETA SUSTENTÁVEL!

Objetivo Principal:
A Associação Saúde Criança tem a intenção de alcançar o maior número possível de famílias em vulnerabilidade social, combatendo a pobreza existente e promovendo o desenvolvimento humano e a inclusão social.

Para alcançar este objetivo desenvolveu, com base em sua metodologia reconhecida pelos resultados atingidos, um aplicativo para ser usado em comunidades vulneráveis

Assim será possível realizar um diagnóstico multidisciplinar de famílias, a partir das respostas fornecidas em questionário interativo e intuitivo, focado em cinco áreas: saúde, educação, renda, cidadania e moradia. Ao final, serão fornecidas à família entrevistada sugestões de ações para melhorar a sua qualidade de vida.

Clientes: 
Governos, empresas, hospitais, escolas, fundações ou outras organizações poderão realizar a análise geral dos resultados obtidos na comunidade avaliada, permitindo entender melhor as suas características e possibilitando atuar de forma eficiente no seu desenvolvimento.

O trabalho: 
O aplicativo será parte importante de um serviço que pode mudar uma comunidade e não apenas uma ferramenta tecnológica. Após o seu uso, poderá acontecer um serviço de consultoria a ser fornecido pela Associação, e a ser desenhada e detalhada de acordo com as necessidades e possibilidades do cliente.

Contato: 

Para mais informações o interessado pode entrar em contato com Cristiana Velloso pelo e-mail saudecrianca@saudecrianca.org.br ou pelo telefone (21) 2286-9988.